por Mariana Gomes
com supervisão de Giselle Ulbrich

O ex-primeiro-ministro da Holanda, Dries Van Agt, e sua esposa Eugenie, realizaram uma “eutanásia de casal” na última segunda-feira (5). Os dois morreram de mãos dadas aos 93 anos.

Segundo Gerard Jonkman, diretor do The Rights Forum, à emissora NOS, os dois já estavam muito doentes e decidiram que não queriam mais viver sem o outro. Dries e Eugenie, que já estavam casados há 70 anos, morreram de mãos dadas.

Desde 2022, o país já registrou 116 eutanásias duplas. O procedimento foi legalizado na Holanda em 2002, mas apenas em casos de muito sofrimento sem perspectiva de melhora. Pelo menos dois médicos precisam certificar o desejo do paciente. 

Outros países europeus também permitem a eutanáisa, como Espanha, Portugal, Luxemburgo e Bélgica, este também já tendo casos da chamada “eutanásia de casal” registrados. 

Quer receber notícias no seu celular? Entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui

12 fev 2024, às 23h43.

No Ar

RIC Notícias Live

As notícias mais curiosas e importantes do Paraná e do Brasil, de segunda a sexta-feira, com Manuella Niclewicz e Evandro Harenza.

🔴AO VIVO

Próximos programas

  • 20h55 Cidade Alerta Paraná
  • 22h20 RIC Notícias Noite
Mostrar próximo post
Carregando