Governo apresenta proposta para equiparar salários de docentes

Os secretários da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Leal, e da Administração e Previdência, Luiz Eduardo Sebastiani, apresentaram nesta terça-feira (20) a proposta do governo para equiparação dos salários de docentes e agentes universitários das instituições estaduais de ensino superior (IEES) do Paraná. A proposta foi apresentada a representantes dos sindicatos de docentes, durante encontro na sede da Secretaria de Ciência e Tecnologia, em Curitiba, e agora será repassada à categoria em assembleias.

O governo manteve o índice de 31,73% negociado anteriormente e apresentou duas possibilidades de pagamento: em cinco parcelas anuais de 5,66%, a partir de julho de 2012, ou em quatro parcelas anuais de 7,14%, a partir de outubro deste ano.

A proposta – oficializada após reunião dos secretários com o vice-governador Flávio Arns, na manhã desta terça-feira – é baseada em estudos técnicos relativos ao impacto orçamentário, comportamento da receita e avaliação do limite de gasto com pessoal. Ela atende as reivindicações das universidades, principalmente em relação ao processo de adequação da carreira dos docentes e agentes universitários.

“Estamos cumprindo o que foi prometido. Nunca discutimos o mérito da reivindicação, que é justa, apenas esperávamos a definição da área financeira”, disse o secretário Alípio Leal. O secretário Luiz Eduardo Sebastiani também ressaltou a importância dos reitores para o diálogo com os docentes das universidades.

Após análise da categoria em assembleias, a proposta será encaminhada para votação pela Assembleia Legislativa.

“O compromisso de apresentar uma proposta no dia 20 de março foi cumprido. Agora vamos levar a proposta para ser analisada”, destacou o representante da Associação dos Docentes da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) Hélvio Mariano.

21 mar 2012, às 00h00.

No Ar

Mostrar próximo post
Carregando