Governo convoca agentes para unidades prisionais semiabertas

A Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos está convocando 200 candidatos classificados no Processo Seletivo Simplificado (PSS) para a função de agente de monitoramento do sistema penitenciário. Eles devem se apresentar nesta quarta (19) e quinta-feira (20) no miniauditório do Palácio das Araucárias, em Curitiba.

Nesta etapa os classificados devem apresentar documentos, fazer opção pela unidade onde pretende atuar e assinar os contratos de trabalho do regime especial, por tempo determinado. Entre os dias 24 e 28 de setembro, os novos contratados farão um curso de capacitação profissional, promovido pela Escola de Educação em Direitos Humanos da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. O curso será realizado em Maringá, Guarapuava e Ponta Grossa.

Os agentes – 151 homens e 49 mulheres – irão trabalhar em unidades de regime semiaberto do Departamento de Execução Penal (Depen), localizadas nos municípios de Curitiba e Região Metropolitana, Guarapuava, Maringá e Ponta Grossa.

As provas foram realizadas no dia 5 de agosto, aplicadas pela Coordenadoria de Processos Seletivos da Universidade Estadual de Londrina (UEL), em Curitiba, Guarapuava e Maringá. Neste processo seletivo não houve reserva de vagas para pessoa portadora de necessidades especiais, uma vez que as atividades da função de agente de monitoramento exigem aptidão plena.