Ministério da Saúde investiga mortes por gripe A no Rio Grande do Sul

Três técnicos do Ministério da Saúde já estão no Rio Grande do Sul para investigar as mortes provocadas pela influenza A (H1N1) – gripe suína – no estado. O último boletim da Secretaria de Saúde local indica um total de 29 mortes desde o início do ano.

Uma equipe similar foi enviada anteriormente pela pasta a Santa Catarina também para investigar as mortes provocadas pela doença. O relatório conclusivo, divulgado na última sexta-feira (13), indica que a maioria das vítimas apresentava comorbidades como cardiopatias, obesidade e diabetes e não recebeu o tratamento indicado nas primeiras 48 horas após o aparecimento dos sintomas.

De acordo com o Ministério da Saúde, não há previsão sobre o tempo de permanência dos técnicos no Rio Grande do Sul, mas a expectativa é que os trabalhos sejam concluídos o mais rápido possível e possam contribuir para o mapeamento da circulação do vírus na região.

16 jul 2012, às 00h00.
Mostrar próximo post
Carregando