Tudo pronto para a sessão que pode cassar o mandato de Barbosa Neto

Começa daqui a pouco, às 9 horas, a sessão plenária especial que deve decidir o futuro político do prefeito de Londrina, Barbosa Neto.  Neste momento, é grande o número de policiais militares no entorno da Câmara Municipal de Vereadores.

No total, foram distribuídas 180 senhas a pessoas interessadas em acompanhar a sessão. Metade delas foram destinadas a pessoas que são favoráveis ao prefeito e a outra metade a pessoas que querem sua cassação.

Barbosa Neto é acusado de empregar dois vigilantes contratados pela prefeitura em sua rádio particular.