Empresário é alvo de operação por desviar maquinário da Prefeitura de Arapongas

Empresa de fachada teria vencido licitação na cidade; maquinários da própria prefeitura foram usados para entrega de serviço

por Guilherme Becker
com informações da PCPR
Publicado em 28 maio 2024, às 08h38. Atualizado às 11h43.

Um empresário é alvo de uma operação da Polícia Civil do Paraná (PCPR), suspeito de desviar maquinários da Prefeitura de Arapongas, no norte do estado, para entregar obra prevista em licitação. Ao todo,são cumpridas ordens judiciais em nove endereços ligados a empresa do homem.

Operação investiga possível fraude em licitação da Prefeitura de Arapongas
Operação investiga possível fraude em licitação da Prefeitura de Arapongas (Foto: PCPR)

As ordens judiciais são referentes a uma investigação iniciada em abril. As diligências são sobre um desvio de maquinários do executivo municipal para utilização em uma empresa de pavimentação asfáltica.

A empresa ganhou licitação da Prefeitura de Arapongas e posteriormente ao invés de usar o próprio patrimônio para execução de obras públicas, teria utilizado bens do município.

“No decorrer das investigações, descobriram-se evidências de que a empresa contratada, na verdade, é de fachada, não possuindo sequer uma sede própria. Parte dos veículos e maquinários utilizados são de empresas diversas, em nome do principal investigado, sócio oculto da empresa contratada”, explica o delegado da PCPR Thiago Vicentini de Oliveira.

Leia também:

O empresário alvo da operação já responde por ações de improbidade por fraude à licitação e contratos.

Prefeitura de Arapongas nega envolvimento

Em nota, na manhã desta terça-feira (28), a Prefeitura de Arapongas informou que o maquinário utilizada pela empresa pertence a uma sociedade de economia mista. Além disso, são geridos há anos pela Companha de Desenvolvimento de Arapongas (Codar). Veja os pontos destacados pela prefeitura:

  • O release distribuído pela assessoria de imprensa da PCPR não informa que referidos maquinários estão cedidos à Companha de Desenvolvimento de Arapongas (Codar), uma sociedade de economia mista que possui autonomia administrativa e financeira
  • Maquinários da Prefeitura estão cedidos à Codar há muitos anos, sendo que o gerenciamento desses equipamentos cabe à Companhia. No caso específico em pauta, trata-se de um Termo de Cessão de 2018, formalizado entre a Codar e a Secretaria de Obras do Município
  • Nenhum servidor ou agente político da Prefeitura de Arapongas foi alvo da referida operação
  • A Prefeitura de Arapongas acompanha o caso e confia na atuação da Polícia Civil

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui

Mostrar próximo post
Carregando