Foragido por abuso infantil é preso usando calcinha vermelha no oeste do Paraná

Homem tinha um mandado de prisão da Justiça do Rio Grande do Sul pela prática de estupro contra uma criança de 11 anos

Publicado em 31 maio 2024, às 11h22. Atualizado às 11h23.

Um homem foragido da Justiça do Rio Grande do Sul foi preso em Quedas do Iguaçu, no oeste do Paraná. Ele tinha um mandado de prisão pela prática de estupro contra uma criança de 11 anos. Mas o que mais chamou a atenção dos policiais que efetuaram a prisão é que o homem detido usava uma calcinha vermelha por baixo da calça.

Foragido da Justiça do RS por estupro de uma criança de 11 anos é preso usando uma calcinha vermelha em Quedas do Iguaçu, no oeste do Paraná
Operação Tranquilize cumpre mandados de prisão em cidades do oeste do Paraná (Foto: Fábio Dias/PCPR)

Segundo o Quedas do Iguaçu em Foco, essa prisão faz parte da Operação Tranquilize, da Polícia Civil do Paraná. A princípio, a operação foi desencadeada para cumprir mandados de prisão em Quedas do Iguaçu e também em Espigão Alto do Iguaçu.

Leia mais:

“A operação tem objetivo de cumprir alguns mandados de prisões decretadas pela justiça, por crimes contra crianças. Como também garantir a segurança da população, tirando de circulação indivíduos de má índole”, explica o delegado Emanuel de Almeida, que coordenou a operação, que envolveu 30 policiais.

Suspeito reagiu à prisão e foi baleado

Quando a polícia cumpria um dos mandados, na quarta-feira (29), na comunidade do Rio Perdido, o suspeito reagiu à prisão e foi baleado. Após ser detido, o homem foi revistado pelos policiais, que perceberam que ele vestia uma calcinha vermelha por baixo da calça.

Foragido da Justiça do RS por estupro de uma criança de 11 anos é preso usando uma calcinha vermelha em Quedas do Iguaçu, no oeste do Paraná
Vestimenta do homem chamou a atenção dos policiais (Foto: Quedas do Iguaçu em Foco)

Depois de ser preso, o suspeito foi encaminhado para o hospital e deverá ser transferido para o Rio Grande do Sul, para prestar contas à Justiça gaúcha.

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui

Mostrar próximo post
Carregando