Funcionário de posto é alvo de garrafada: “Só pedi para ele fechar porta do banheiro”

Ação violenta foi gravada por câmera de segurança e vítimas anotaram placa do veículo do agressor, mesmo assim, polícia do Paraná ainda não identificou o suspeito

por Guilherme Becker
com informações da RICtv
Publicado em 10 jul 2024, às 08h31. Atualizado às 17h08.
POST 1 DE 5

Um funcionário de um posto de combustíveis foi alvo de uma garrafada no local de trabalho, no bairro Centro Cívico, em Curitiba, na noite do último sábado (6). O trabalhador foi agredido por um cliente, que não gostou de ser cobrado enquanto utilizava o banheiro do estabelecimento com a porta aberta.

Suspeito de agredir funcionário de posto com garrafada não foi identificado
Suspeito de agredir funcionário de posto com garrafada não foi identificado (Foto: Reprodução/ RICtv)

Insatisfeito com a cobrança do funcionário, o cliente que entrou na loja de conveniência para comprar uma cerveja, arremessou uma garrafa de vidro no rosto do operador de caixa. A vítima sofreu uma grave lesão no rosto e caiu no chão do local.

“Eu fui limpar a loja, limpei os banheiros, neste momento após o término fui levar os materiais na retaguarda. Na volta, eu encontro um rapaz usando o banheiro masculino de porta aberta, nisso eu chamei a atenção, de forma adequada. Pedi para que fechasse a porta quando usasse o banheiro. Nisso ele já veio alterado, me xingando. Tirei o aviso de limpeza, fui para atrás do caixa e já senti o impacto da garrafada”, contou Eraldo Bartolomeu da Silva, de 23 anos.

Com o golpe, o rapaz caiu no chão e perdeu bastante sangue. Uma ambulância do Corpo de Bombeiros foi acionada e a vítima encaminhada para um hospital de Curitiba. “Foram cinco pontos no supercílio e três na testa. Eu estou vendo pouco, não consigo abrir 100%, estou vendo tudo embaçado. Fui pego de surpresa porque eu dei as costas. No momento em que eu me viro, só sinto o impacto na cabeça. Nisso eu já caí no chão e sangrando muito”, detalhou o trabalhador.

Leia também:

O gerente da loja, Marcelo, relatou que o funcionário agiu para preservar as mulheres que frequentam o local. “A única questão que o funcionário fez foi para preservar a imagem das mulheres que transitam no posto, para que o homem fechasse a porta, pois era falta de educação urinar com a porta aberta”, declarou.

Agressor de funcionário do posto foge após garrafada

O homem que atingiu o funcionário do posto com uma garrafada ainda não foi identificado. Uma câmera de segurança instalada na loja de conveniência registrou toda a ação e mostra o rosto do indivíduo que cometeu o golpe.

Além disso, testemunhas anotaram a placa do veículo do homem que fugiu após a agressão. Mesmo assim, o indivíduo segue sem identificação.

O caso está com a delegacia das Mercês, onde a delegada titular entrou em férias. Assista à matéria completa sobre a ocorrência:

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui