Mulher em cadeira de rodas morre carbonizada em casa, marido é suspeito do crime

Segundo os vizinhos, vítima estava com a perna quebrada e se locomovia em cadeira de rodas

Publicado em 16 maio 2024, às 14h58. Atualizado às 15h20.

Na madrugada dessa quinta-feira (16), uma mulher de 59 anos, morreu carbonizada dentro de casa. O marido da vítima está preso suspeito do crime. O caso aconteceu em Capitão Leônidas Marques, no oeste do Paraná.

Mulher morre carbonizada e marido é suspeito do crime
Casa ficou completamente destruída pelo fogo (Foto: SAN FM)

Por volta da 1h da madrugada o Corpo de Bombeiros atendeu uma ocorrência de incêndio em residência no interior do município. A casa de madeira ficou totalmente consumida pelas chamas. O SAMU, caminhão pipa do município, a Polícia Civil e Militar atenderam as chamadas ao local.

Suspeito do crime é esposo da vítima

Segundo os relatos, o suspeito do crime é marido da vítima. Ele teria ateado fogo na casa com a esposa dentro. Vizinhos contaram que ela havia sofrido um acidente e estava se locomovendo em uma cadeira de rodas.

O homem de 50 anos, foi encontrado pela polícia em um hospital e teria confessado que provocou o incêndio. Porém, teria voltado atrás, se contradizendo nas declarações. O suspeito apresentava sinais de embriaguez e após prestar depoimento foi preso em flagrante delito, segundo a Polícia Civil (PCPR).

O homem foi encaminhado para a cadeia pública de Cascavel, onde permanece à disposição da justiça.

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui 

Mostrar próximo post
Carregando