Com nota 179,3, a escola de samba Acadêmicos da Realeza é a campeã do Grupo de Especial do Carnaval em Curitiba. É a segunda liderança da escola após 10 anos.

A apuração teve questionamentos em relação à interpretação do regulamento. Depois de uma discussão, a comissão de apuração se reuniu a portas fechadas para discutir a interpretação que os jurados tiveram em relação ao quesito adereços.

Logo após, a vice-campeã foi a escola de samba Mocidade Azul, que teve diferença de apenas dois décimos em relação à vencedora, com nota 179,1. O presidente da escola, Altair Lemos, disse que essa diferença pequena mostra que houve competição e que o Carnaval de Curitiba cresceu. “Vamos nos unir para que o próximo Carnaval seja maior e mais forte ainda”, convocou ele.

Já o presidente da escola campeã, Luis Godoi, emocionado, pouco conseguiu falar sobre a liderança. Mas ofereceu o troféu à toda a esocla e a comunidade que ajudou neste resultado.

O tema que levou a Acadêmicos da Realeza ao topo da elite do samba exaltou Zumbi dos Palmares como líder e inspiração. “Ecos de Zumbi” celebrou a cultura, a liberdade e o protagonismo do povo preto, retratando presença e resistência.

As outras três escolas do Grupo Especial tiveram as seguintes notas:

  • Deixa Falar – 178,4
  • Enamorados do Samba – 177,6
  • Imperatriz da Liberdade – 176

No Grupo de Acesso, a campeã foi a Leões da Mocidade. Com isso, a escola conquista não só a liderança, mas também uma vaga no Grupo Especial, no Carnaval 2025.

Quer receber notícias no seu celular? Entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui

12 fev 2024, às 19h25. Atualizado às 19h50.

No Ar

Mostrar próximo post
Carregando