Quadra Cultural entra para o calendário oficial de eventos de Curitiba

Foi ao som do samba de raiz da banda curitibana Gente Boa da Melhor Qualidade que o prefeito Luciano Ducci informou, no final da tarde deste sábado (25), que o projeto Quadra Cultural entrará para o calendário oficial de Curitiba a partir do próximo ano.

“Curitiba vive um novo momento em sua área cultural e temos que estimular festas como esta: bem organizada, segura e tranqüila, que vem se somar aos muitos outros eventos que já acontecem na cidade, como a Virada Cultural, a Oficina de Música, o Festival (de teatro) de Curitiba e tantos outros”, elogiou o prefeito. “Por isso, a Quadra Cultural passa agora a fazer parte do calendário oficial da cidade”, informou Luciano Ducci.

A presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Roberta Storelli, comentou a aceitação do público aos grandes eventos da cidade, especialmente os que acontecem ao ar livre. “O curitibano provou que gosta de sair de casa”, brincou. “A Quadra Cultural agora faz parte oficialmente de nossa intensa programação cultural”, disse Roberta.
O EVENTO

O prefeito Luciano Ducci participou do evento que reuniu mais de quatro mil pessoas em sua quarta edição, que teve início às 11 horas do sábado. O palco, montado na esquina das ruas Paula Gomes e Duque de Caxias, no bairro São Francisco, recebeu shows do sambista Germano Mathias e de vários artistas locais, como Wandula, Confraria da Costa, Uh Lá Lá! e Klezmorim. Também houve brincadeiras para as crianças e lançamento do selo literário Tulipas Negras, que irá editar obras de escritores paranaenses. Tudo com entrada franca.

Três quadras foram interditadas para os carros e o público se divertiu nas ruas. A advogada Fernanda Leite participou pela primeira vez e aprovou. “É importante que aconteçam eventos assim em Curitiba”, disse. Ao seu lado, os amigos Ana Helena Gracher e Gabriel Sena também gostaram. “Sou carioca, moro em Curitiba há anos e costumo ir a todos os eventos que acontecem ao ar livre na cidade”, disse Gabriel. O jornalista Luiz Geraldo Mazza e sua esposa Lucy também prestigiaram a Quadra Cultural. “Este é um evento responsável, feito por pessoas responsáveis e por isso convive bem com a sua vizinhança”, disse. “É um exercício de cidadania”, comentou Mazza.

BASTIDORES

O organizador da Quadra Cultural, Arlindo Ventura, disse que o evento se consolida a cada ano e que grande parte do sucesso é resultado da parceria com a Prefeitura de Curitiba. “Temos uma relação estreita, que traz bons frutos”, disse. “Nosso objetivo maior é valorizar e respeitar o público e oferecer atrações de qualidade, seja na música, na gastronomia, no entretenimento”, afirmou Arlindo.

Ele se orgulhou do clima tranqüilo e familiar que dominou toda a festa. “A Prefeitura de Curitiba valoriza o valor da família e este é um evento para juntar todo mundo, desde o filho com moicano no cabelo, a senhora velhinha do bairro”, comentou.

Arlindo explicou que a segurança do evento foi pensada de forma preventiva, numa soma de esforços da Guarda Municipal, Polícia Militar e segurança particular. Dentro da área delimitada para a Quadra, não eram permitidas garrafas de vidro ou venda de bebidas destiladas. Para a rápida limpeza do local pós-evento foi feita uma parceria com uma cooperativa de catadores de material reciclável. Entre outras atrações da Quadra Cultural, estavam praça de alimentação com seis pontos de venda, bazar de comércio local e um bicicletário com capacidade para 500 veículos.

26 fev 2012, às 00h00.
Mostrar próximo post
Carregando