Refúgio no centro histórico, restaurante oferece imersão em história de Curitiba

O local onde funciona o restaurante Tijolo é parte do antigo atelier do artista plástico Ricardo Tod – autor da escultura “Fonte da Memória”, que ficou conhecida como “Cavalo Babão”

Publicado em 10 maio 2024, às 12h01. Atualizado em: 21 maio 2024 às 12h13.

Um restaurante no centro histórico de Curitiba é um verdadeiro refúgio em meio a agitação da cidade e carrega parte da história da capital paranaense. O Tijilo faz parte do multiespaço São Francisco 179, localizado em uma rua de paralelepípedos, onde ainda se veem na calçada as argolas de amarrar cavalos. Dentro do estabelecimento, o salão oferece comida descomplicada, cultura e um jardim com mesas externas.

Restaurante Tijolo é verdadeiro refúgio no centro histórico de Curitiba
Restaurante Tijolo é verdadeiro refúgio no centro histórico de Curitiba (Foto: Divulgação)

O restaurante Tijolo começou a funcionar no final de 2019. O nome é uma metáfora do “tijolo” como o menor dos insumos para a construção de uma obra e, no caso da alimentação, para o preparo de um prato. A proposta do restaurante é ser inclusivo, do atendimento ao público, passando, é claro, pelo cardápio com 40% de opções vegetarianas ou veganas, além das carnes, peixes e massa. O cardápio completo é servido de 11h30 às 22 horas, de terça a domingo, e um prato especial é servido para o almoço executivo, de terça a sexta das 11h30 às 15h.  O empresário Mario Nicolau, proprietário do restaurante, explica que o conceito é baseado no slow food. “Nós oferecemos uma comida saudável, para todos os paladares”, resume. 

Leia também: 

Entre os carros-chefes da casa estão a “Salada Tijolo”, feita com grãos, e o “Contrafilé Caçador”, prato que surgiu a partir de uma pesquisa sobre os colonos, que é servido com milho verde, brócolis e outros vegetais, e a famosa sobremesa de Torta de Caramelo Salgado. O cliente também pode escolher a qualquer hora do dia risotos, massas, sanduíches e petiscos. O proprietário explica que o nome do bar de drinques é uma homenagem ao seu avô: “Lourdinha tô pronto”, era frase que ele falava para a avó quando já estava “animado” com a bebida e se tornou um cantinho de memória afetiva no Tijolo. A carta é enxuta com coqueteis clássicos, com e sem álcool. No happy-hour, que vai das 16 às 20 horas, várias bebidas têm promoção de 50%. 

Cardápio oferece 40% de opções vegetarianas
Cardápio oferece 40% de opções vegetarianas (Foto: Divulgação)

Restaurante proporciona imersão em cultura

O local onde funciona o restaurante Tijolo é parte do antigo atelier do artista plástico Ricardo Tod – autor da escultura “Fonte da Memória” no Largo da Ordem, que ficou conhecida popularmente como “Cavalo Babão”. No Salão Principal do restaurante é possível ver as roldanas do antigo forno e o desenho do esboço da escultura. Nicolau diz que a ideia foi, dentro do possível, manter o ambiente o mais original possível. As adaptações que foram feitas para dar conforto ao público com a climatização de todos os salões. A lareira a lenha funciona e está pronta para o inverno. “A intensidade e a beleza do local estão na sua originalidade”, considera. Além do salão principal ele conta que parte do material do artista também foi recuperado nas janelas e na estrutura do restaurante. 

Além do Tijolo, Nicolau ao mesmo tempo administra o multiespaço São Francisco 179, onde está seu restaurante. Em quase oitocentos metros quadrados de construção funcionam outras operações independentes, que se complementam de forma harmônica. Logo na entrada tem a Utopia Tropical, uma fábrica de chocolates, com o conceito de bean to bar. No espaço interno tem o Royalty Café, que é uma cafeteria de cafés especiais com torrefação própria, que serve cafés e drinks. E na parte superior, tem a Área de Eventos, com 210 metros quadrados, com estrutura pronta de bar, varanda e galpão principal que é alugada, sob demanda para festas e eventos artísticos variados. Para garantir a tranquilidade dos clientes, à noite a porta de entrada para o espaço é fechada e liberada somente pelo interfone e pelo segurança do local. 

Restaurante Tijolo funciona desde 2019
Restaurante Tijolo funciona desde 2019 (Foto: Divulgação)

Serviço – Tijolo

Restaurante Tijolo – Rua São Francisco 179 – Centro Histórico 
Horário de funcionamento de terça-feira a sexta-feira, das 11h30 às 22 horas. Sábados, das 12 às 23 horas. Domingos das 12 às 17 horas. 
Reservas – Whastapp 41 98871-0497 Site: tijolocwb.com.br/ –  Instagram: @tijolocwb

Quer receber notícias no seu celular? Entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui

Mostrar próximo post
Carregando