Motorista que matou pai e filho na Linha Verde é denunciado por homicídio

O suspeito se apresentou na delegacia da PCPR e foi preso na tarde desta sexta-feira (7), em Curitiba

Publicado em 10 jun 2024, às 18h49.

O motorista que causou um grave acidente na Linha Verde, em Curitiba, foi preso a pedido do Ministério Público do Paraná (MPPR), na última sexta-feira (7). Cristian Patrick Garcia Carvalho, de 29 anos, foi responsável pela morte de pai e filho, no dia 11 de maio deste ano. 

O pai morreu no local e o filho ficou internado por duas semanas, mas não resistiu e morreu duas semanas depois (Foto: PCPR/Redes Sociais)

De acordo com o Ministério Público, o motorista estava foragido desde que conseguiu  liberdade provisória concedida pelo Poder Judiciário. O pedido de prisão foi cumprido após uma solicitação do Ministério Público que apresentou um recurso à Justiça contrapondo a concessão de liberdade.

As investigações do caso apontam que o condutor do veículo, Hyundai Veloster, cometeu várias infrações, pois estava em alta velocidade, fazia manobras perigosas, chegou a transitar em zigue-zague e forçou algumas ultrapassagens consideradas indevidas. Nesse momento, o motorista bateu em outro carro e feriu os quatro ocupantes, todos da mesma família. 

O pai Evandro Ramos, de 38 anos, morreu no local do acidente. Já o filho Johann Martins de Jesus Ramos, de 15 anos, foi encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos graves ferimentos e morreu. A mãe e outro filho do casal também ficaram feridos, mas sobreviveram.

A decisão expedida pela Justiça ocorreu na última quinta-feira (6) e revogou a decisão anterior, que havia concedido liberdade provisória ao motorista que causou o acidente. A ação penal tramita na 1ª Vara Privativa do Tribunal do Júri de Curitiba.

O condutor foi denunciado pelo Ministério Público por dois homicídios consumados, com duas qualificadoras, meio que resultou em perigo comum e que impossibilitou a defesa das vítimas, e também por duas tentativas de homicídio. 

Além do homicídio, Carvalho deve responder pelos crimes de lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada.

Quer receber notícias no seu celular? Entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui!

Mostrar próximo post
Carregando