Robinho é preso em Santos (SP) após Luiz Fux rejeitar habeas corpus

por Mariana Gomes
com supervisão de Giselle Ulbrich
Publicado em 21 mar 2024, às 20h08. Atualizado às 21h00.

O jogador Robinho foi preso em Santos, no Litoral de São Paulo, na noite desta quinta-feira (21). Acusado de estrupro coletivo na Itália, a prisão ocorreu após o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitar o pedido de habeas corpus solicitado pela defesa do jogador. A informação foi confirmada pelo Cidade Alerta de São Paulo.

A ordem de prisão de Robinho foi expedida pelo juiz Mateus Castelo Branco Firmino da Silva, da 5ª Vara Federal Criminal de Santos. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou a prisão imediata do jogador na última quarta-feira (20).

Robinho foi preso por causa da condenação de estupro que recebeu na Itália. O STJ decidiu que o jogador cumprirá a pena de 9 anos no Brasil. A equipe do jogador tentou reverter a sentença. A defesa solicitou o habeas corpus na noite de quarta, mas Luiz Fux o rejeitou já no dia seguinte.

Quer receber notícias no seu celular? Entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui

Mostrar próximo post
Carregando