Curitiba foi uma das capitais escolhidas para receberem voluntários da Transparência Eleitoral Brasil durante o primeiro turno das Eleições Municipais de 2020. O objetivo de observar o processo eleitoral em todo o país.

Além da capital paranaense, voluntários da organização sem fins lucrativos também irão acompanhar a votação em Belo Horizonte, Fortaleza, João Pessoa, Belém e Brasília. 

A observação será realizada em locais de votação e de apuração de votos e no caso de Brasília no Tribunal Superior Eleitoral. Serão verificados, entre outros pontos, a rotina do dia de votação, os procedimentos adotados para a emissão do voto e a atuação da Justiça Eleitoral nas diferentes regiões do país.

Ao todo, são 47 observadores voluntários sem nenhum vínculo com partidos, com a Justiça Eleitoral ou com a administração pública que foram selecionados por edital e passaram por uma capacitação para a tarefa. O grupo atuará com isenção e independência, de acordo com as normas internacionais de observação eleitoral. De acordo com a coordenadora da Transparência Eleitoral Brasil, Ana Claudia Santano, esta será a primeira vez que uma organização não governamental nacional realiza uma observação formal do processo eleitoral no Brasil.

“É um momento muito importante para entendermos a dinâmica das eleições no país”, afirma.

O relatório parcial sobre a observação deve ser divulgado na semana seguinte ao pleito e o relatório final com todas as observações e conclusões, bem como os formulários usados para a avaliação ficarão disponíveis ao público no ano que vem.

A missão será liderada por Ana Claudia Santano, e foi credenciada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e reconhecida pela Organização dos Estados Americanos (OEA).

15 nov 2020, às 12h48. Atualizado às 15h26.
Mostrar próximo post
Carregando