“Diz que é cidade de primeiro mundo”, desabafa mulher sobre UPAs de Curitiba

por Guilherme Becker
com informações de Marcelo Borges, da RICtv
Publicado em 12 abr 2024, às 09h03.
POST 2 DE 2

O caos nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Curitiba gera revolta em pacientes e familiares que aguardam por uma consulta. Entre a noite desta quinta (11) e a madrugada de sexta (12), novamente as unidades médicas tiveram superlotação e longas filas. A recepção e até a parte externa dos estabelecimentos ficaram lotadas.

A irmã de uma paciente, que aguarda durante horas o atendimento em uma UPA de Curitiba, desabafou sobre a qualidade da saúde pública da capital. A mulher relatou que a familiar necessita de cuidados especiais, porém, compartilha da lotação e falta de estrutura.

“Minha irmã está sentada em uma cadeira com muita dor no corpo. Em fase terminal, ela chega a estar amarela, faz muitos dias que ela não se alimenta. Um médico joga para o outro. É triste ver uma coisa dessa. Não é assim, é um ser humano, ainda tem vida ali, a última palavra é de Deus, não é do médico […] Diz que é cidade do primeiro mundo, Curitiba, mas não tem uma saúde que presta, cadê a saúde pública? Está nota zero isso daqui!”, desabafou a mulher que aguardava atendimento da irmã.

Uma outra paciente, da UPA do Boa Vista, contou que aguardou cerca de 10 horas para atendimento nesta quinta (11). Com crise renal, a jovem contou que foi colocada em uma cadeira plástica, sem estrutura.

“Uma dor horrível e mesmo passando pela emergência, demora muito. Tudo cheio lá dentro, todas as salas cheias, sala de medicação cheia, a gente tem que ficar sentado naquelas cadeirinhas”, desabafou Letícia após 10 horas para o atendimento.

Mudanças no atendimento das UPAs em Curitiba

Nesta quinta-feira (11), a secretária municipal de Saúde, Beatriz Battistella Nadas, informou que a Prefeitura já iniciou um plano de contingência devido a sobrecarga e alta demanda nas Unidade de Pronto Atendimento e hospitais.

De acordo com Beatriz, a alta dos atendimentos se deve a quadros respiratórios e de dengue (30%), e também de glicemia, AVC e cardíaco, por exemplo (70%). Para ela, o tempo mais longo no atendimento de pacientes com suspeita de dengue pode estar aumentando o fluxo. Outro fator são a alta de cerca de 10% nas vítimas de acidentes de trânsito, segundo levantamento do Corpo de Bombeiros, no 1º trimestre de 2024 com relação ao mesmo período do ano passado.

Conforme a secretária, a Prefeitura está reorganizando os fluxos de atendimento. “O atendimento ao paciente com suspeita de dengue ele causa maior tempo de atendimento e isso reflete no tempo de espera”, disse ela. Beatriz ressaltou que a equipe busca a “espera segura” e precisa identificar qual paciente “não pode esperar”.

Para agilizar o atendimento, as unidades de saúde Boa Vista e Cajuru terão tendas que começam a funcionar nos próximos dias. “Não são a maioria dos casos ainda, isso pode vir a acontecer na evolução das próximas semanas, em razão das mudanças climáticas, mas este fluxo de Covid, respiratório e dengue ficam para as tendas no bairro Cajuru e Boa Vista.

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui.

Mostrar próximo post
Carregando
vulkan vegas, vulkan casino, vulkan vegas casino, vulkan vegas login, vulkan vegas deutschland, vulkan vegas bonus code, vulkan vegas promo code, vulkan vegas österreich, vulkan vegas erfahrung, vulkan vegas bonus code 50 freispiele, 1win, 1 win, 1win az, 1win giriş, 1win aviator, 1 win az, 1win azerbaycan, 1win yukle, pin up, pinup, pin up casino, pin-up, pinup az, pin-up casino giriş, pin-up casino, pin-up kazino, pin up azerbaycan, pin up az, mostbet, mostbet uz, mostbet skachat, mostbet apk, mostbet uz kirish, mostbet online, mostbet casino, mostbet o'ynash, mostbet uz online, most bet, mostbet, mostbet az, mostbet giriş, mostbet yukle, mostbet indir, mostbet aviator, mostbet casino, mostbet azerbaycan, mostbet yükle, mostbet qeydiyyat