por Letícia Tristão
com informações da RICtv Maringá

Ao todo, vinte e duas pessoas estavam no micro-ônibus que tombou às margens da PR-317, em Nossa Senhora das Graças, noroeste do Paraná, na noite desse domingo (31). 

Três idosos morreram no local, Flora Celestino Furtado, Edna Vicente do Nascimento Matos e Ismael Araújo Felipe de 69 anos. Dezenove pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para hospitais de Colorado, Sarandi e Maringá.

Segundo o comandante da 4ª CIA da Polícia Rodoviária Estadual, capitão Hericson Cruz, pela cinemática do acidente, os passageiros estavam sem cinto.

“Até pelo tipo de sinistro, possivelmente indica que todos estavam sem cinto, o que motivou esse número de feridos e óbitos”, explicou.

Segundo a polícia, o motorista do carro que possivelmente fez uma ultrapassagem e teria sido o motivo que o fez o condutor do coletivo sair da pista, não parou no local.

“Todos os fatores estão sendo verificados, principalmente a versão do condutor e testemunhas. Também vamos verificar o equipamento que mede a velocidade que ele [o micro-ônibus] estava da via”, acrescentou o capitão.

O acidente

No coletivo, estava um grupo de fiéis que voltava de um evento religioso em Maringá, noroeste do Paraná, com destino a Regente Feijó, no interior de São Paulo.

O micro-ônibus seguia pela PR-317, no sentido Nossa Senhora das Graças a Santo Inácio, noroeste do estado, quando perdeu o motorista controle da direção e o coletivo tombou.

De acordo com a PRE, o motorista relatou que tentou desviar de um carro que fazia uma ultrapassagem no sentido contrário quando o acidente aconteceu.

A rodovia ficou interditada por mais de três horas por causa do acidente.

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui.

1 abr 2024, às 12h31. Atualizado em: 2 abr 2024 às 08h41.
Mostrar próximo post
Carregando