Polícia Federal faz operação para deter contrabando ilegal no país

Seis cidades foram alvos da operação entre elas Curitiba e Londrina no Paraná

Publicado em 6 jun 2024, às 15h42.

A Polícia Federal juntamente com a Receita Federal realizaram uma operação nesta quinta-feira (6), para deter contrabando ilegal de grandes quantidades de mercadorias estrangeiras que não atendem os procedimentos legais. Mandados de prisão foram cumpridos em seis cidades do país, entre elas Curitiba e Londrina, no Paraná.

Polícia Federal faz operação para conter contrabando no país
Seis cidades foram alvo da operação, incluindo Curitiba e Londrina (Foto: PF)

Segundo a polícia, o grupo seria o responsável por trazer produtos do Paraguai de forma ilegal. Após investigações foram encontrados indícios de atividades ilícitas e lavagem de dinheiro.

Mandados de prisão, foram expedidos em cidades como Curitiba (PR), Londrina (PR), São Paulo (SP), Tupã (SP), Joinville (SC) e Rio de Janeiro (RJ). Além disso, onze armas foram apreendidas.

Leia também:

Apesar do contrabando entrar no Brasil vindo do Paraguai, a mercadoria tinham a origem dos Estados Unidos, China e Hong Kong. Apenas em uma das empresas, que foi constituída em nome de uma funcionária, foram movimentados, aproximadamente, R$ 700 milhões .

Operação da polícia para deter contrabando contou com grande efetivo

A operação contou com a participação de aproximadamente 34 auditores-fiscais da Receita Federal e 220 policiais federais que cumpriram, ao todo, 53 mandados de busca e apreensão e sete de prisão preventiva. Os mandados foram cumpridos em cidades dos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. 

As ordens judiciais expedidas pela 9ª Vara Federal de Curitiba preveem o sequestro, bloqueio e apreensão de bens imóveis, veículos, dinheiro em espécie, obras de arte, jóias, criptoativos e outros itens de luxo ou de alto valor encontrados.

Quer receber notícias no seu celular? Entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui!

Mostrar próximo post
Carregando