Curitiba deve ficar fora da Copa do Mundo Feminina 2027

Como organizadora do evento, a Fifa ainda poderá fazer mudanças no projeto inicial apresentado pela CBF

Publicado em 17 maio 2024, às 14h06. Atualizado às 14h11.

A cidade de Curitiba deve ficar fora da Copa do Mundo Feminina que será disputada no Brasil em 2027. A escolha do país sede aconteceu durante o 74º Congresso da Fifa na madrugada dessa sexta-feira (17), em Bangkok, na Tailândia.

Curitiba não deve ser sede da Copa do Mundo Feminina
Em 2014, a Arena da Baixada foi utilizado em Curitiba (Foto: José Tramontin/Athletico)

De acordo com o projeto apresentado à Fifa para a candidatura, serão 10 cidades e 10 estádios que receberão os jogos da competição. Todos foram utilizados na Copa do Mundo Masculina em 2014. Só duas cidades que foram sedes no mundial masculino ficaram de fora, Curitiba (PR) e Natal (RN).

Mas como organizadora do evento, a Fifa ainda poderá fazer mudanças no projeto inicial apresentado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), para a organização da Copa. A entidade mundial tem autonomia para fazer mudanças de datas e locais de abertura e encerramento da competição e até a quantidade de estádios e sedes que vão receber os jogos.

Curitiba fica fora das 10 cidades sedes do Mundial

Com a eleição do Brasil para sediar a Copa do Mundo Feminina 2027, o país inicia a preparação para receber os jogos entre 24 de junho e 25 de julho. O projeto prevê a abertura e o encerramento no estádio do Maracanã, que deve receber mais seis partidas.

Além disso, a Neo Química Arena, em São Paulo deve receber uma das semifinais. Assim como o estádio Mané Garrincha, em Brasília. A disputa do terceiro lugar está previsto para o Mineirão, em Belo Horizonte.

Estádios listados no projeto:

  • Maracanã (Rio de Janeiro)
  • Arena Corinthians (São Paulo)
  • Mané Garrincha (Brasília)
  • Mineirão (Belo Horizonte)
  • Beira-Rio (Porto Alegre)
  • Fonte Nova (Salvador)
  • Arena Pernambuco (Recife)
  • Arena Castelão (Fortaleza)
  • Arena Amazonas (Manaus)
  • Arena Pantanal (Cuiabá)

Em 2014, a Arena da Baixada foi o estádio utilizado no Mundial masculino. Quatro jogos aconteceram em Curitiba, recebendo seleções como Espanha, Austrália, Honduras, Equador, Irã e Nigéria.

Sede inédita

Com o resultado, esta será a primeira vez, em 10 edições, que a Copa do Mundo Feminina será disputada na América do Sul. Por ser país sede, o Brasil já está classificado. Assim como a última edição do torneio, disputada na Austrália e Nova Zelândia, vencida pela Espanha, a competição contará com a participação de 32 seleções.

Competição já teve outras sete sedes:

  • 1991 – China
  • 1995 – Suécia
  • 1999 – Estados Unidos
  • 2003 – Estados Unidos
  • 2007 – China
  • 2011 – Alemanha
  • 2015 – Canadá
  • 2019 – França
  • 2023 – Austrália e Nova Zelândia
  • 2027 – Brasil
Fifa anuncia Copa do Mundo Feminina no Brasil
Fifa anuncia Copa do Mundo Feminina no Brasil (Foto: Fifa)

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui

Mostrar próximo post
Carregando