Suspeito de ajudar ex-esposa a matar filha há 17 anos vai a júri no Paraná

Everson Luís Cilian é suspeito de ser coautor do crime e foi preso em 2023

Publicado em 13 maio 2024, às 17h05. Atualizado às 17h08.

O homem suspeito de ajudar a ex-esposa, Tânia Djanira Melo Becker de Lorena, presa neste sábado (11), no interior do Paraná, a matar a filha em 2007, vai a júri popular nesta quarta-feira (15), em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O Ministério Público do Paraná (MPPR) confirmou a informação nesta segunda-feira (13).

Suspeito de ajudar ex-esposa a matar filha há 17 anos vai a júri no Paraná
Andréa Rosa de Lorena morreu em 2007 e a motivação seria a guarda do filho dela. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Everson Luís Cilian é suspeito de ser o coautor do crime. A prisão dele foi em 2023, em Apucarana, no norte do Paraná. A prisão de Tânia aconteceu na manhã de sábado (11) pela Polícia Militar de Marilândia do Sul. Conforme o MP, ela está na Cadeia Pública Feminina de Londrina, onde permanece presa à disposição da Justiça.

O casal queria, supostamente, a guarda do neto e esta seria a motivação para o homicídio de Andréa Rosa de Lorena. As investigações apontam que Andréa morreu por asfixia, depois de almoçar com a mãe e o padrasto.

Processo suspenso enquanto réus estavam foragidos

Como os denunciados estavam foragidos, o processo ficou suspenso, conforme determina o Código de Processo Penal (artigo 366). Desde a época do crime, o MPPR solicitou a prisão preventiva do casal. Segundo o MPPR, houve o desmembramento das ações penais contra Tânia e Everson. Por isso, cada um dos réus responde a uma ação específica, portanto, sendo julgados em momentos diferentes.

Mulher foragida por matar a filha
A vítima foi morta por causa da guarda do neto (Foto: Reprodução / Canal 38)

O processo referente a Everton prosseguiu. O julgamento será no Tribunal do Júri de Campina Grande do Sul, pois é a comarca que abrangia também o município de Quatro Barras, local onde ocorreu o crime.

Leia mais:

O MPPR informou ainda que requisitará o andamento da instrução processual, para uma posterior manifestação de pronúncia do MP, para que a acusada também vá a júri popular. A acusação vai pedir o aproveitamento das provas já produzidas na ação penal contra o ex-marido da ré.

Quer receber notícias no seu celular? Entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui

Mostrar próximo post
Carregando
vulkan vegas, vulkan casino, vulkan vegas casino, vulkan vegas login, vulkan vegas deutschland, vulkan vegas bonus code, vulkan vegas promo code, vulkan vegas österreich, vulkan vegas erfahrung, vulkan vegas bonus code 50 freispiele, 1win, 1 win, 1win az, 1win giriş, 1win aviator, 1 win az, 1win azerbaycan, 1win yukle, pin up, pinup, pin up casino, pin-up, pinup az, pin-up casino giriş, pin-up casino, pin-up kazino, pin up azerbaycan, pin up az, mostbet, mostbet uz, mostbet skachat, mostbet apk, mostbet uz kirish, mostbet online, mostbet casino, mostbet o'ynash, mostbet uz online, most bet, mostbet, mostbet az, mostbet giriş, mostbet yukle, mostbet indir, mostbet aviator, mostbet casino, mostbet azerbaycan, mostbet yükle, mostbet qeydiyyat