Saiba o que é cabeça d’água, fenômeno que matou três jovens em cachoeira do PR

Publicado em 18 mar 2024, às 11h59. Atualizado às 12h00.
POST 6 DE 7

Uma cabeça d’água atingiu uma cachoeira em Paranavaí, na tarde desse domingo (17). Três adolescentes morreram arrastados pela força da água. Uma pessoa continua desaparecida.

Segundo o Simepar, choveu 53 milímetros em um intervalo de uma hora na cidade. “É muito expressivo. É praticamente um terço do esperado para março inteiro em um único dia”, explicou o climatologista Leandro Zandonadi.

Segundo ele, cabeças d’água ocorrem em rios atingidos por chuvas intensas. “Geralmente as chuvas ocorrem na cabeceira, a parte mais alta e a água é toda concentrada para o canal do rio, que é o ponto mais baixo do relevo, e vai descendo rio abaixo de forma muito rápida, provocando aumento repentino no volume das águas”.

O nome é justamente pelo fato do fenômeno iniciar na parte alta do rio. “É algo mais comum em rios onde o relevo é mais acidentado, com muita variação de altitude, mas pode ocorrer em área de relevo mais plano também, a depender do volume de chuva.”

Quer receber notícias no seu celular? Entre no canal do Whats do RIC.COM.BR . Clique aqui

Mostrar próximo post
Carregando