Capitão do Corpo de Bombeiros é preso por desviar produtos da Defesa Civil

Oficial ocupava cargo na Coordenadoria Estadual da Defesa Civil; tio de militar também foi preso em flagrante

por Guilherme Becker
com informações da RICtv
Publicado em 30 maio 2024, às 11h12. Atualizado às 11h38.
POST 1 DE 3

Um capitão do Corpo de Bombeiros foi preso na noite desta quarta-feira (29) suspeito de desviar produtos da Defesa Civil. Uma denúncia anônima do crime levou a uma investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que realizou a prisão do oficial e de um tio do rapaz.

Capitão do Corpo de Bombeiros é preso com produtos sem nota fiscal
Capitão do Corpo de Bombeiros é preso com produtos sem nota fiscal (Foto: Reprodução/ Google Street View)

Conforme a Defesa Civil, o capitão prestava serviço na Coordenadoria Estadual da Defesa Civil. Além disso, mantinha uma distribuidora no bairro Uberaba. Vizinhos do estabelecimento chegaram a contar para a RICtv que desconfiavam da operação do comércio, pois segundo eles, “era estranho, não tinha nem água e nem coca”.

No final da tarde desta quarta-feira (29), uma equipe do Gaeco monitorou um carro oficial da Defesa Civil, que era conduzido pelo capitão suspeito. O militar chegou em um barracão localizado na Rodovia Leopoldo Jacomel, em Piraquara, carregou a caçamba do veículo com alguns produtos e seguiu para a distribuidora no Uberaba.

Leia também:

Já no estabelecimento, o militar contou com a ajuda de um tio para descarregar os produtos. Neste momento, diante da conduta suspeita, os agentes resolveram fazer a abordagem contra o capitão, que inclusive estava fardado.

Capitão dos Bombeiros é preso

Durante a vistoria, foram identificados produtos no comércio com as mesmas características dos retirados do barracão da Defesa Civil. Além disso, durante buscas no imóvel foram encontrados eletrodomésticos e produtos sem notas fiscais, ou qualquer outra comprovação de origem lícita. 

“No momento em que foi abordado foram constatados eletrônicos, ferramentas e instrumentos musicais desviados do depósito da Defesa Civil. Também foram encontrados outros produtos armazenados em um outro depósito mantido pelo suspeito. Os materiais eram oriundos do depósito da Defesa Civil, mas não tinham relação com a Campanha de Arrecadação de donativos recebidos para o Rio Grande do Sul. As doações ao estado vizinho foram concentradas em outro depósito”, informou a Defesa Civil por meio de nota.

O capitão do Corpo de Bombeiros e o tio foram presos suspeitos de envolvimento nos desvios.

“Com a situação, foram adotados os procedimentos legais previstos no Código Penal Militar. O Corpo de Bombeiros abriu investigação, que pode culminar com a expulsão do oficial da corporação. A prática não simboliza o serviço de excelência que os Bombeiros do Paraná prestam à sociedade”, concluiu a nota da Defesa Civil.

O portal RIC tenta contato com o Corpo de Bombeiros para posicionamento.

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui 

Mostrar próximo post
Carregando