Homem é condenado a quase 19 anos de prisão por tentar matar ex-namorada no PR

Whebher de Oliveira Simão tentou matar a ex-namorada Michele de Souza, que ficou em estado vegetativo. Crime aconteceu em 2019

por Mariana Gomes
Com revisão de Guilherme Fortunato
Publicado em 5 jun 2024, às 21h43.
POST 2 DE 2

Whebher de Oliveira Simão foi condenado a 18 anos e 8 meses de prisão por tentar matar a ex-namorada Michele de Souza. O julgamento durou aproximadamente 12 horas e aconteceu em Maringá, no noroeste do Paraná. O crime foi registrado em 2019, durante um churrasco na cidade de Paiçandu.

Homem que tentou matar ex-namorada em churrasco é condenado a quase 19 anos
Whebher, homem que tentou matar a ex-namorada em churrasco, aparentou tranquilidade ao ouvir a sentença. (Foto: Cidade Alerta Maringá)

Whebher demonstrou tranquilidade após ouvir sua sentença. Imagens captadas pelo Cidade Alerta Maringá mostram que o condenado chegou a sorrir. Contudo, o advogado de defesa afirma que vai recorrer da decisão.

Durante o interrogatório, Simão deu detalhes sobre as agressões contra Michele, que ficou em estado vegetativo por causa do crime. De acordo com o réu, ele teria dado um soco na vítima, que a fez desmaiar e cair no chão. Entretanto, mesmo depois de desacordada, ele confirmou que teria dado dois chutes nela.

Acusação comemora condenação de homem que tentou matar ex-namorada 

De acordo com a promotora Andrea Fabiana Baradel, a condenação foi uma vitória. “É uma resposta para toda a sociedade, dizendo que, mesmo sendo um caso de feminicídio, a sociedade está bem consciente do que pode e o que não pode ser feito na nossa comunidade”, relatou.

Homem que tentou matar ex-namorada em churrasco vai a julgamento em Maringá
O julgamento de Whebher de Oliveira Simão aconteceu nesta terça-feira (4). (Foto: Reprodução/Cidade Alerta Maringá)

Além disso, a mãe da vítima, Mariluci Brito, contou que o sentimento foi de alívio. “Agora eu vou poder ter mais força para cuidar da minha filha, porque eu sei que a justiça foi feita, mais do que eu imaginava”, desabafou.

Relembre o caso do homem que tentou matar a ex-namorada em um churrasco

O crime aconteceu em 2019, em um churrasco com amigos, quando o casal estava apenas a poucos meses juntos. De acordo com o depoimento de Whebher durante o julgamento, a agressão teria começado após ele ver mensagens de Michele marcando um encontro com outro homem. Contudo, essas mensagens nunca foram encontradas.

Homem que tentou matar ex-namorada em churrasco vai a julgamento em Maringá
Após diversas cirurgias, Michele está em estado vegetativo. (Foto: Reprodução/Cidade Alerta Maringá)

De acordo com testemunhas, as agressões duraram cerca de 15 minutos. Whebher teria desferido diversos socos no rosto de Michele, além de pisotear sua cabeça quando ficou desacordada. Além disso, dono da casa onde acontecia o churrasco revelou que também foi agredido quando tentou segurar Whebher. Logo em seguida, ele teria fugido.

Após o ataque, a vítima teve que passar por diversas cirurgias. Eventualmente, ela ficou respirando por ajuda de aparelhos. Atualmente, Michele está em estado vegetativo e não reconhece os familiares. 

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui

Mostrar próximo post
Carregando