Homem que tentou matar ex-namorada em churrasco vai a julgamento em Maringá

Cinco anos após o crime, o homem que tentou matar a ex-namorada em um churrasco e a deixou em estado vegetativo foi julgado

por Mariana Gomes
com informações do Cidade Alerta Maringá
Publicado em 4 jun 2024, às 20h27. Atualizado em: 5 jun 2024 às 20h48.
POST 1 DE 2

Começou a ser julgado nesta terça-feira (04) o julgamento de Whebher de Oliveira Simão, acusado de tentar matar a ex-namorada Michele de Souza, em Paiçandu, no noroeste do Paraná, em 2019. O júri acontece no Fórum de Maringá.

Homem que tentou matar ex-namorada em churrasco vai a julgamento em Maringá
O julgamento de Whebher de Oliveira Simão aconteceu nesta terça-feira (4). (Foto: Reprodução/Cidade Alerta Maringá)

De acordo com a acusação, as qualificações do crime são tentativa de feminicídio, motivo torpe e impossibilidade de defesa. Por outro lado, a defesa usou o argumento de que Whebher teria “perdido a cabeça” após ver supostas mensagens de traição no celular da vítima.

Após o crime, o homem ficou foragido da polícia por um ano. Em 2020, ele foi encontrado e preso no Mato Grosso do Sul. Lá, ele ficou detido por um ano e meio, até que foi transferido para Maringá para aguardar o julgamento pela tentativa de homicídio da ex-namorada, identificada como Michele de Souza.

Nicole, filha de 17 anos da vítima, foi ao julgamento e relatou ao Cidade Alerta Maringá que espera que a justiça seja feita. “Ele acabou com a nossa vida. Eu não escuto a voz da minha mãe há cinco anos”, disse. “Minha mãe não me viu crescer. Minha mãe não viu minha adolescência. Eu vou fazer dezoito anos agora, eu vou ser adulta, e minha mãe não me viu fazer nada. Eu perdi a minha mãe.” 

Relembre o caso do homem que tentou matar a ex-namorada em um churrasco

O crime aconteceu em 2019, em um churrasco com amigos, quando o casal estava apenas a poucos meses juntos. De acordo com o depoimento de Whebher durante o julgamento, a agressão teria começado após ele ver mensagens de Michele marcando um encontro com outro homem. Contudo, essas mensagens nunca foram encontradas.

Homem que tentou matar ex-namorada em churrasco vai a julgamento em Maringá
Após diversas cirurgias, Michele está em estado vegetativo. (Foto: Reprodução/Cidade Alerta Maringá)

De acordo com testemunhas, as agressões duraram cerca de 15 minutos. Whebher teria desferido diversos socos no rosto de Michele, além de pisotear sua cabeça quando ficou desacordada. Além disso, dono da casa onde acontecia o churrasco revelou que também foi agredido quando tentou segurar Whebher. Logo em seguida, ele teria fugido.

Após o ataque, a vítima teve que passar por diversas cirurgias. Eventualmente, ela ficou respirando por ajuda de aparelhos. Atualmente, Michele está em estado vegetativo e não reconhece os familiares. 

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui

Mostrar próximo post
Carregando