Sergio Moro no TRE: tudo sobre o julgamento que pode cassar o senador; acompanhe o tempo real

Publicado em 1 abr 2024, às 09h26. Atualizado às 14h09.
POST 2 DE 8

O julgamento que pode resultar na cassação do mandato do senador Sergio Moro (União) começa às 14h, desta segunda-feira (1º), no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Curitiba. O político responde por abuso de poder econômico, por conta de ações cometidas durante a pré-campanha do processo eleitoral de 2022, quando o ex-ministro e juiz foi eleito senador com 1,9 milhão de votos.

Para o julgamento de Sergio Moro, o TRE reservou três datas: 1, 3 e 8 de abril. Entretanto, pode acontecer do processo ser finalizado antes do dia 8 de abril, dependendo da velocidade da definição dos votos por parte da corte.

O processo de Sergio Moro será analisado por sete membros da corte, incluindo o presidente da corte, o desembargador Sigurd Roberto Bengtsson. Caso seja condenado, o senador por entrar com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Julgamento de Sérgio Moro

O Portal RIC fará a cobertura em tempo real do julgamento de Sergio Moro. As informações estarão disponíveis a partir do início da tarde desta segunda-feira (1º).

Investigação contra Sergio Moro

A ação movida pela Federação Brasil da Esperança, que une o PT, PV e PC do B, e também pelo PL, partido do ex-presidente Jair Bolsonaro, acusa o senador dos crimes de caixa 2, abuso de poder econômico, uso indevido de meios de comunicação e de assinatura de contratos irregulares.

Os partidos alegam que Moro gastou mais de R$ 2 milhões na pré-campanha para presidente e que isso o favoreceu na campanha para senador no Paraná, tendo mais visibilidade que outros candidatos. Caso as acusações sejam provadas, O ex-juiz pode ter o mandato cassado e ficar inelegível por oito anos.

Moro nega crimes

O senador Sergio Moro prestou depoimento na sede do TRE no dia 7 de dezembro de 2023. O político negou qualquer crime cometido durante a campanha eleitoral de 2022.

“Eles falam em caixa 2 e nada foi comprovado. Todos os gastos feitos tanto no período da campanha, como antes da campanha, foram declarados e feitos perante a lei pelos partidos políticos. Os gastos que eles apontam como excessivos, são gastos não relacionados com a campanha”, comentou Moro.

O senador também alegou que participou de um “teatro” e chamou as ações propostas de levianas. “Eles precisam provar aquilo que afirmam. Me sinto pessoalmente agredido”, finalizou.

A defesa de Sergio Moro, representada pelo advogado Gustavo Guedes, detalhou informações sobre os gastos da campanha.

“Deixando claro que Moro só veio disputar a eleição no Paraná em junho. Até então iria disputar a eleição em São Paulo e a Presidência. Portanto, não houve gastos aqui no estado. O mais comum é os partidos entrarem com ações de caixa 2 nas eleições. 98% dos gastos que eles apresentaram não foram gastos no Paraná, por isso não podem ser apresentados como gastos de pré-campanha”, explicou Gustavo Guedes.

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui.

Mostrar próximo post
Carregando
vulkan vegas, vulkan casino, vulkan vegas casino, vulkan vegas login, vulkan vegas deutschland, vulkan vegas bonus code, vulkan vegas promo code, vulkan vegas österreich, vulkan vegas erfahrung, vulkan vegas bonus code 50 freispiele, 1win, 1 win, 1win az, 1win giriş, 1win aviator, 1 win az, 1win azerbaycan, 1win yukle, pin up, pinup, pin up casino, pin-up, pinup az, pin-up casino giriş, pin-up casino, pin-up kazino, pin up azerbaycan, pin up az, mostbet, mostbet uz, mostbet skachat, mostbet apk, mostbet uz kirish, mostbet online, mostbet casino, mostbet o'ynash, mostbet uz online, most bet, mostbet, mostbet az, mostbet giriş, mostbet yukle, mostbet indir, mostbet aviator, mostbet casino, mostbet azerbaycan, mostbet yükle, mostbet qeydiyyat