Após transferir seu domicílio eleitoral, Rosângela Moro deverá processar o PT

Publicado em 21 mar 2024, às 23h28.

A deputada federal Rosângela Moro (União-SP) vai pedir a condenação do Partido dos Trabalhadores (PT) pelo crime de litigância de má-fé. Isto porque o PT entrou com um pedido de impugnação da transferência de domicílio da deputada de São Paulo para Curitiba.

Em nota, a deputada disse que a impugnação pretendida pelo PT é infundada e que vai contra a lei e a jurisprudência no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Afirmou ainda que apresentou ao TSE pareceres legais que respaldam sua decisão.

“A tentativa do PT parece ser uma estratégia para evitar uma eventual disputa eleitoral com Rosângela Moro no Paraná”, disse a parlamentar em nota.

“A deputada Rosangela Moro, nascida e residente em Curitiba, reafirma seu compromisso com a representação política, mantendo-se ativa no Estado de São Paulo, onde possui escritório de representação e realiza agendas políticas e sociais frequentes. Destaca-se que, durante seu mandato, destinou expressivos R$37 milhões em emendas parlamentares para essa região”, afirmou ainda na nota oficial.

Quer receber notícias no seu celular? Entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui!

Mostrar próximo post
Carregando