Feirinha do Largo da Ordem pode também ser realizada aos sábados

Pesquisa realizada na Feirinha do Largo da Ordem, em Curitiba, durante dois domingos, com 1.260 feirantes, foi apresentada ao prefeito Luciano Ducci e à presidente do Instituto Municipal de Turismo, Juliana Vosnika, pelo vereador Jair Cézar (PSDB).

De acordo com o parlamentar, o levantamento foi elaborado com o objetivo de saber a receptividade dos envolvidos quanto à sugestão ao Executivo de estender o dia de funcionamento da feirinha para os sábados. A proposta, de autoria do parlamentar, foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal e segue para estudo de viabilidade.

“A ideia é expandir a realização da feira para as manhãs de sábado para atender turistas, pessoas em trânsito que passam pela cidade ou até mesmo moradores daqui que gostariam de visitar a feira neste dia para deixar o domingo livre para a família”, justificou.

Os dados da pesquisa apontam uma aprovação de cerca de 60% dos que opinaram. Durante os dias do levantamento, o vereador também colheu as principais carências dos artesãos. Foram citados a falta de policiamento no começo do dia e a segurança durante a feira, além de latas de lixo, indicação dos banheiros públicos disponíveis e limpeza da feirinha durante a madrugada de sábado. Com relação ao funcionamento da feira, entre outros pontos, foi colocada como fundamental a proibição do trânsito de veículos nas ruas Ermelino de Leão, Alameda Doutor Muricy e do Rosário, devido aos riscos de atropelamentos.

“Os artesãos precisam dessas medidas, pois são pessoas importantes para o comércio da cidade”, afirmou Jair Cézar. “Eles dão vida ao lugar, elevando a movimentação do turismo e da economia curitibana” concluiu. Ofícios com os resultados serão entregues também às secretarias e organizações envolvidas.

8 mar 2012, às 00h00.
Mostrar próximo post
Carregando