Felicidade não é bem que se mereça

Chegando ao livro de número 40,  Geraldo Peçanha de Almeida, autor paranaense, parece que está, de fato, mexendo com questões pontuais da existência humana.  Depois do psicanalítico livro “PAI: muitos querem ter, poucos podem ser mas todos precisam de um”, agora o autor trabalha com um tema muito caro a qualquer  escritor  – a felicidade.

Não fosse a abordagem escolhida pelo autor para tratar do assunto, poderíamos dizer que o tema já é muito desgastado. No entanto, o autor escolhe uma afirmação “ninguém merece ser feliz” e daí segue, ponto por ponto, tecendo sua escrita. A assunto é bom, a abordagem inovadora e, depois do FIB: felicidade interna bruta, conceito butanês sobre o que é realmente a felicidade, agora só resta os leitores apreciarem  esta obra para tomar partido desta  opinião e, assim, posicionar-se  sobre a questão.

Serviço
Livro: Felicidade não é bem que se mereça
Autor: Geraldo Peçanha de Almeida
Valor: $ 25,00