HC seleciona mulheres para participar de pesquisa sobre osteoporose

Segundo um estudo epidemiológico realizado no Brasil, a osteoporose é uma doença que acomete 40% das mulheres na menopausa, sendo a sua maior complicação a fratura osteoporótica, ou seja, a fratura que ocorre sem trauma ou após um trauma mínimo. Em geral, a presença de uma fratura está relacionada com uma piora da qualidade de vida e com o aumento do risco de uma nova fratura.

O Serviço de Endocrinologia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (Sempr) está recrutando participantes para uma pesquisa de uma nova medicação para osteoporose, que tem como característica aumentar a formação óssea e, com isso, ampliar a resistência do osso e reduzir o risco de fraturas osteoporóticas. A pesquisa terá 18 meses de duração. Poderão participar mulheres de 50 a 85 anos, com pelo menos cinco anos de pós menopausa e osteoporose grave sem tratamento ou, então, com antecedentes de fraturas osteoporóticas.

Interessadas em participar e que atendam aos pré-requisitos acima devem entrar em contato pelo telefone (41) 9728-0382 ou 9728-0367 – de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12 horas, até o dia 31 de maio – e falar com Amanda ou Tayane. Após avaliação, as pacientes selecionadas serão incluídas no estudo, de acordo com a disponibilidade das vagas.

 

12 mar 2012, às 00h00.
Mostrar próximo post
Carregando