Marcha das Vadias vai propor reflexões sobre violência contra a mulher

No próximo dia 14 (sábado), muitas curitibanas devem sair às ruas para participar da segunda edição da Marcha das Vadias de Curitiba, que será realizada a partir das 14 horas, no Passeio Público.

Este ano, o movimento deve alertar a população sobre os casos de violência contra a mulher. O objetivo é propor reflexões sobre a culpabilidade das vítimas de agressões.

Segundo o movimento, o Paraná é o terceiro estado no ranking de registros de violência contra a mulher. Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, é a segunda cidade do País com maior número de assassinatos de mulheres.

Para saber mais sobre a Marcha, acesse a página do movimento no Facebook. Cerca de 2 mil pessoas já a curtiram.

4 jul 2012, às 00h00.
Mostrar próximo post
Carregando