Médicos do HC entram em greve e pacientes dão com a cara na porta

Os médicos do HC (Hospital de Clínicas) da UFPR (Universidade Federal do Paraná) cruzaram os braços na manhã desta segunda-feira (28) e devem permanecer em greve até o próximo dia 31 (quinta-feira), quando será realizada uma nova reunião entre representantes da categoria e integrantes da reitoria da UFPR.

Todos os atendimentos eletivos agendados foram suspensos, o que fez com que muitos pacientes desavisados chegassem ao local e tivessem que voltar para casa sem a realização de procedimentos. Estão sendo mantidos apenas os atendimentos de urgência e emergência. Os médicos reivindicam aumento da carga horária de vinte para quarenta horas semanais.

Os cerca de 1900 servidores da Fundação da UFPR (Funpar) também podem entrar em greve a partir de amanhã (29). Eles pedem reajuste de 8,54% no salário e de 18% no valor do vale-alimentação.

Mais informações em breve.

28 maio 2012, às 00h00.

No Ar

Cidade Alerta Paraná

Tudo que acontece no Paraná e que afeta o seu o dia a dia, de segunda a sexta, com Paulo Gomes.

🔴AO VIVO

Próximos programas

  • 22h20 RIC Notícias Noite
Mostrar próximo post
Carregando