Motoristas e cobradores de ônibus podem entrar em greve na capital

A categoria ameaça paralisar suas atividades a partir da próxima terça-feira (14). Na noite de segunda (13), o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) deve promover uma assembleia na praça Rui Barbosa para discutir a questão.

Os trabalhadores reivindicam reajuste salarial de 40%, mas as empresas de ônibus oferecem apenas reposição da inflação, o que corresponde a cerca de 6%. Além disso, motoristas e cobradores querem melhores condições de trabalho, pelo menos um domingo de folga a cada mês e aumento no valor do vale-alimentação.

 

10 fev 2012, às 00h00.
Mostrar próximo post
Carregando