Operação contra pesca ilegal apreende 6 toneladas de peixes

Uma operação conjunta para coibir a pesca predatória no Litoral do Paraná realizada, neste final de semana (21 e 22), pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA-PR), Capitania dos Portos, Polícia Federal (PF) e Batalhão de Policia Ambiental (PM), apreendeu 89 quilômetros de redes de pesca, 16 toneladas de peixes e cinco embarcações que praticavam a pesca de forma ilegal.

A quantidade de rede apreendida representa quase a totalidade da extensão do litoral paranaense que possui 96 quilômetros de Costa. Para que se tenha uma ideia, as equipes levaram mais de dez horas para recolher as redes armadas pelos pescadores em águas paranaenses. Todos os barcos foram abordados em alto mar, sendo que quatro pertenciam a pescadores de Santa Catarina e um de São Paulo.

De acordo com o Superintendente do IBAMA no Paraná, Jorge Augusto Callado Afonso, o objetivo da operação – que prossegue nos próximos dias – é garantir a proteção do estoque pesqueiro no Estado. “Estamos protegendo a costa paranaense que ainda é rica em espécies, se comparado a outras regiōes. Pudemos comprovar isso com a origem das embarcações”, declarou Jorge Callado.

A operação “Parati”, nome popular da Tainha – espécie de peixe mais procurada durante o inverno – também teve como foco a inspeção naval das embarcações e documentação (arrais) dos mestres, além das licenças necessárias para pesca profissional. A ação começou na manhã de sábado (21).

23 jul 2012, às 00h00.

No Ar

Próximos programas

  • 22h20 RIC Notícias Noite
Mostrar próximo post
Carregando