Projetos antidrogas de Curitiba são modelo para Uberlândia

A cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, quer ampliar as ações de combate às drogas segundo o modelo aplicado em Curitiba pela Secretaria Antidrogas Municipal.

O secretário de Defesa Civil que responde também pelas ações da recém criada secretaria Antidrogas da cidade mineira, José Pacífico Martins Ferreira, veio a Curitiba conhecer o trabalho desenvolvido pela SAM.

“Queremos implantar em nossa cidade os programas desenvolvidos aqui. O objetivo é fazer um planejamento e desenvolver programas-piloto que perdurem em outras gestões”, pontuou o secretário, que assumiu, há poucos dias, a pasta recém-criada.

O secretário Antidrogas, Hamilton Klein, apresentou aos representantes de Uberlândia os programas de destaque, como o Bola Cheia, Papo Legal e outras ações de prevenção ao uso de drogas.

Pelo “Bola Cheia” são desenvolvidas atividades esportivas, culturais e de lazer nos finais de semana, em dez pontos diferentes da cidade, entre 21h e 1 hora da manhã. O “Papo Legal” leva palestras sobre prevenção ao uso de drogas e à violência a escolas e outras instituições.

“As palestras são divididas por faixa etária”, explicou Hamilton Klein, que falou ainda sobre a importância do envolvimento da comunidade nas ações. “Existe também uma rede que faz a conscientização das lideranças comunitárias e atua contra a violência e o tráfico de drogas”, destacou o secretário. O movimento Poty e o Cão Amigo são outros programas de sucesso desenvolvidos pela Antidrogas.

Também participaram da reunião o diretor da Secretaria Antidrogas de Uberlândia, Diogo Leal Dias e o assessor de Defesa Social, Mauricio Pereira de Andrade Junior.

1 abr 2012, às 00h00.

No Ar

RIC Notícias Tarde

As notícias mais curiosas e importantes do Paraná e do Brasil, de segunda a sexta-feira, com Manuella Niclewicz e Bruno Previdi.

🔴AO VIVO

Próximos programas

  • 20h55 Cidade Alerta Paraná
  • 22h20 RIC Notícias Noite
Mostrar próximo post
Carregando