Terminais de Curitiba e estações-tubo terão câmeras de monitoramento

A Rede Integrada de Transporte passará a contar, até julho do ano que vem, com câmeras de monitoramento nos 21 terminais urbanos, no Terminal Guadalupe e nas 364 estações tubo que compõem o sistema.  Serão, no total, 622 câmeras já licitadas pela Prefeitura e que fazem parte de projetos do Sistema Integrado de Mobilidade (SIM) em implantação pela Prefeitura.

Além das câmeras nas estações e terminais também os ônibus estão ganhando mais segurança. Em operação a partir de abril, o Centro de Controle Operacional (CCO) da Urbs já faz o monitoramento on line de todos os ônibus do sistema.Técnicos, agentes e fiscais do transporte acompanham cada ônibus em tempo real, podendo entrar em contato ou receber mensagens do motorista a qualquer momento.

Os ônibus contam com computador de bordo, GPS e  dispositivos acoplados à parte elétrica que permitem o monitoramento tanto no CCO na Urbs, quanto nas própria empresas operadoras, o que agiliza intervenções que sejam necessárias. Numa próxima etapa, prevista para ser iniciada ainda neste ano, também policiais do Batalhão de Trânsito e guardas municipais vão ficar no CCO, acompanhando on line o  que acontece no trânsito e no transporte coletivo da cidade.

Além de melhorar a operação e o planejamento do transporte coletivo, o CCO também amplia a segurança de motoristas, cobradores e usuários. Os motoristas, por exemplo, dispõem de um painel através do qual podem enviar mensagens ao CCO e à empresa ao mesmo tempo comunicando situações de emergência e solicitando auxílio ou orientação.

No Centro Operacional, por sua vez, técnicos têm condições de saber de imediato qualquer alteração na operação, como por exemplo se o ônibus está parado fora do ponto, se está parado há mais tempo que o devido, se faz alterações na rota ou qualquer mudança não prevista.

A Urbs também está desenvolvendo estudos para implantação de câmeras de monitoramento dentro dos ônibus ampliando ainda mais as medidas já em andamento para melhorar a operação e garantir mais conforto e segurança ao usuário. Vale lembrar que o uso do cartão transporte colabora com a redução de assaltos na medida em que reduz o volume de dinheiro circulando no sistema.

Atualmente estão cadastrados na Urbs 1,3 milhão de cartões transporte. Em torno de 55% dos passageiros utilizam cartão transporte em seus deslocamentos diários.

Polícia Militar – Curitiba vem registrando uma média de 7,2 assaltos a cada 21 mil viagens que são feitas por dia pelos ônibus da Rede Integrada de Transporte.  A Urbs faz um acompanhamento permanente, enviando à Polícia Militar um mapeamento dos locais onde ocorrem assaltos deforma a auxiliar na definição de ações da Segurança Pública.

9 jul 2012, às 00h00.
Mostrar próximo post
Carregando