Apesar de estarem “acostumados” com a internet e as redes sociais, os “nativos digitais”, nascidos entre 1995 e 2010, sentem, cada vez mais, os impactos negativos que estas ferramentas podem trazer à saúde. 

A psicóloga e professora da Faculdade Herrero, Evelise de Carvalho, ressalta que todas as gerações podem ser afetadas com o mau uso da tecnologia, ou a “hiperconectividade”, e que os prejuízos já podem ser vistos entre os jovens. 

Entre eles estão “o aumento da ansiedade e depressão, sedentarismo, transtorno de sono – lembrando que a luz emitida pelas telas, é um bloqueador do hormônio melatonina que é essencial para o sono – problemas posturais e visuais, baixo rendimento escolar e no trabalho e comprometimento da saúde física e psicológica”, pontua a psicóloga. 

24 abr 2023, às 05h06. Atualizado em: 20 abr 2023 às 11h08.
Mostrar próximo post
Carregando