Josias Souza Dias, de 39 anos, suspeito do assassinato da esposa e da enteada na tarde do dia 30 de março, véspera da Páscoa, em Bandeirantes, no norte do Paraná, foi preso nesta quarta-feira (3), na cidade de Bauru, em São Paulo.

De acordo com a Polícia Civil (PC) de Bandeirantes, o homem poderá responder pelo crime de duplo feminicídio consumado, com os qualificantes de emboscada e recurso que dificultou ou impediu a defesa das vítimas e motivo fútil. Se condenado, pode pegar até 60 anos de prisão.

As buscas da PC tiveram apoio do Grupo Tigre de Curitiba e do GOE – Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil de Bauru.

Relembre o assassinato da esposa e da enteada

Josiane Aparecida de Oliveira, de 39 anos, e Isabela Fernanda de Oliveira Ramos, 15, foram mortas na casa onde moravam. A outra filha de Josiane acionou a Polícia Militar depois de chegar à residência.

Conforme as informações iniciais, o suspeito é viciado em jogos e já teria perdido muito dinheiro em apostas e loterias. Então, depois de uma briga entre Josias e a esposa, ela a colocou para fora de casa. O homem não teria gostado, voltado para o local e assassinado a esposa e a enteada.

Além disso, segundo a polícia, acredita-se que ele tenha pego um táxi para fugir para São Paulo.

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui.

3 abr 2024, às 18h39.
Mostrar próximo post
Carregando