Advogado diz que suspeita de atacar jovem com soda cáustica não planejou o crime

O advogado disse que a jovem se arrependeu do ataque a Isabelly Ferreira com soda cáustica

Publicado em 28 maio 2024, às 21h06. Atualizado às 21h11.
POST 24 DE 26

Jean Campos, advogado de Débora Custódio, que está presa suspeita de atacar a jovem Isabelly Ferreira, de 23 anos, disse nesta terça-feira (28) que a cliente não premeditou o ataque com soda cáustica. A vítima segue internada na UTI, em Londrina. 

Débora confessou que jogou soda cáustica em Isabelly
Débora confessou que jogou soda cáustica em Isabelly (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Em entrevista para a RICtv, Campos disse que a suspeita está arrependida do crime e que o objetivo era lesionar a vítima “no máximo cometer um crime de lesão corporal”, comentou.

“Ela não tinha a ideia de deixar ela feia, ela queria causar algum mal, esse mal que não era a morte, é exagerado pensar no sentido de tentativa de homicídio, no máximo é um crime de lesão corporal”, disse o advogado.

Jean Campos, que é o advogado de defesa de Débora, disse que a suspeita está arrependida do crime e que o arrependimento pode trazer benefícios para ela, segundo o advogado. “Ela se arrepende do que fez, mas não isenta ela da responsabilidade. Nós sabemos disso”, disse.

Estado de saúde da vítima

Isabelly Ferreira, jovem de 23 anos que foi atacada com soda cáustica em Jacarezinho, no norte do Paraná, não está mais entubada mas segue internada em estado grave.

Segundo o Hospital Universitário de Londrina, a jovem segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), está consciente e sem respirar por aparelhos. Entretanto, Isabelly segue sem ter previsão de alta.

Motivação do crime com soda cáustica

O advogado Jean Campos, da defesa de Debora Custódio, suspeita de jogar soda cáustica em Isabelly Ferreira, disse em entrevista para a RICtv Londrina, nesta terça-feira (28), que mensagens encontradas no celular do namorado da suspeita teriam incentivado Debora a cometer o crime. Nas mensagens, teriam frases como: “Está com essa feia, ainda?”, “Com essa bagaceira?” e “Eu sou melhor que ela”.

Suspeita de crime com soda cáustica é presa no PR

Debora Custódio, suspeita de jogar soda cáustica em Isabelly Ferreira, foi presa na última sexta-feira (24), em Jacarezinho, mesma cidade onde o crime aconteceu, por volta das 5 horas da manhã, no pátio de um hotel.

A Polícia Militar (PM) foi acionada após a mulher pedir socorro. No local, ela alegou que quatro homens a perseguiram, porém que não sabia o motivo. Por fim, também afirmou que estava escondida em um matagal próximo desde quarta-feira à tarde.

As afirmações da mulher geraram desconfiança nos policiais, por conta do dia e horário em que ela havia se escondido, portanto, compatível com a ataque contra Isabelly. Além disso, ela estava em um local próximo de onde o crime foi registrado. Ao ser questionada, a suspeita confessou o ataque contra a jovem.

Quer receber notícias no seu celular? Então entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui.

Mostrar próximo post
Carregando