Caso Daniel: Revelações do casal Brittes marcam o primeiro dia de júri

Publicado em 19 mar 2024, às 06h02. Atualizado às 08h18.
POST 1 DE 13

O primeiro dia de júri popular do Caso Daniel realizado nesta segunda-feira (18), em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, foi marcado pela oitiva de testemunhas e pelos depoimentos de Edison e Cristiana Brittes. Os réus apresentaram detalhes da manhã do dia 27 de outubro de 2018, que terminou com a morte do jogador Daniel Corrêa Freitas.

Ao todo foram ouvidas 13 testemunhas, sendo duas sigilosas por parte da acusação. Os outros 11 participantes do julgamento foram convocados pelas equipes de defesa e a maioria tinha relação ou parentesco com a família Brittes. Também prestaram depoimentos familiares de outros réus, como a mãe de Evellyn Perusso, o pai de Igor King, e um segurança da casa noturna onde foi realizada a festa de Allana Brittes.

Logo após a finalização das testemunhas, o juiz Thiago Flores deu sequência ao julgamento, retirou os sete réus do tribunal e iniciou os depoimentos individuais dos acusados. 

Juiz Thiago Flores Carvalho comanda o júri do Caso Daniel
Juiz Thiago Flores Carvalho comanda o júri do Caso Daniel (Foto: Ricardo Vilches/ RICtv)

Neste primeiro dia foram realizados os depoimentos de Cristiana Brittes e Edison Brittes, respectivamente. Cristiana falou ao tribunal por aproximadamente uma hora, enquanto que Edison ficou uma hora e 15 minutos prestando depoimento.

Júri composto por 4 mulheres e 3 homens

Logo no início da sessão, equipes de advogados da defesa dos réus e também da acusação fizeram alguns pedidos à promotoria. Na sequência, por volta das 10h21, foi realizado o sorteio dos jurados.

Foram selecionadas 160 pessoas, sendo que sete foram convocadas pelo Conselho de Sentença. Os responsáveis por definir pela condenação ou absolvição dos sete réu são quatro mulheres e três homens.

Júri do Caso Daniel será realizado no Fórum de São José dos Pinhais
Júri do Caso Daniel é realizado no Fórum de São José dos Pinhais (Foto: Daniela Borsuk/ RIC.com.br)

Testemunhas revelam perfis dos réus

As primeiras testemunhas a serem ouvidas no julgamento do Caso Daniel foram da acusação. Duas pessoas, que não tiveram a identidade revelada, participaram da sessão e falaram com os jurados por quase duas horas. Neste momento, profissionais da imprensa e o público foram retirados do tribunal.

Na sequência foram ouvidas 11 testemunhas indicadas pela equipe de defesa dos sete réus. Entre os ouvidos estão familiares da família Brittes, de Evellyn Perusso, de Igor King, amigos de infância de Allana e um segurança da casa noturna onde foi realizada a festa antes do after na casa dos Brittes.

A maioria das testemunhas destacou o perfil dos réus. Em um dos depoimentos, a ré Evellyn Perusso precisou ser retirada do tribunal, pois estava bastante emocionada. Rosangela Brisola Machado Machado Perusso, mãe da ré, disse durante o depoimento que a família foi perseguida durante o andamento do processo e que a filha era ofendida das redes sociais. Além disso, Rosângela contou que Evellyn teve dificuldades para conseguir emprego.

Evellyn Brisola chegou ao júri às 8h33
Evellyn Brisola chegou ao júri às 8h33 (Foto: RICtv)

O assistente de acusação, Nilson Ribeiro, também comentou que uma das testemunhas confirmou a participação moral de Cristiana Brittes no crime. “As testemunhas confirmaram o que foi dito durante as audiências de instrução. Ou seja, uma delas disse que escutou Cristiana dizendo: ‘Se for matar, não mate aqui’. As testemunhas confirmaram a participação moral dela, que estaria dando uma ordem para Edison”, disse o assistente de acusação. 

Casal Brittes presta depoimento e revela detalhes do dia do crime

Cristiana Brittes foi a primeira, dos sete réus do caso do jogador Daniel Corrêa, a ser ouvida no Tribunal do Júri. Durante o depoimento, a esposa de Edison Brittes contou detalhes do momento em que encontrou Daniel em sua cama.

Quando a advogada perguntou do que ela lembra quando acordou, disse que o Daniel estava em cima dela com o pênis para fora da cueca, pegando nos seios dela. Então ela começou a gritar. O Edison abriu a janela, porque a porta estava trancada. A  janela, disse ela, é baixa. Abre inteira e é fácil pular.

“Foi o pior dia da minha vida. Fui dormir e acordei tendo um pesadelo. O Daniel acabou a minha vida. O Edison entrou pela janela e eu sai pela mesma janela pra pedir ajuda”, contou a ré, ja chorando.

interrogatório de Cristiana Brittes
Cristiana Brittes chorou muito no depoimento e firmou que está sendo acusada de homicídio por causa de uma frase que ela não falou. (Foto: Ricardo Vilches)

Após o depoimento de Cristiana, que durou aproximadamente uma hora, Edison Brittes sentou de frente para o juiz e falou por cerca de uma hora e 15 minutos. O réu tratou o jogador Daniel como abusador e revelou detalhes do momento em que tirou a vida do atleta.

“Entrei dentro de casa. Um dos irmãos ouviu e entrou comigo. Cheguei na porta do quarto e vi que estava fechada. Mas a Cris não fecha a porta pra dormir, eu deixei ela aqui dormindo e a porta não tava fechada. Dei a volta e fui na janela do quarto. Eu abri a janela. O (Eduardo) Purkote tava atrás de mim. Quando eu puxei o blackout, eu vi ele em cima dela. Passei a perna e já fui em cima dele pra tirar ele de cima dela. Ele tava de cueca, de camiseta, com o penis pra fora. Eu só queria ajudar ela. Tirar esse abusador de cima dela. Só queria proteger ela. Era cessar aquilo ali. Era só o que eu conseguia pensar. Quando eu vi o penis dele pra fora eu fiquei louco, fiquei possesso, fiquei cego”, relatou o chefe da família Brittes.

Edison revelou, pela primeira vez, que Cristiana tentou agredir Daniel. “Eu me lembro perfeitamente. Joguei ele pro lado e já comecei a bater. Nisso a Cris foi tentar chutar ele e caiu da cama”, relembra, indo na contramão do que disse sua esposa, que nem encostou em Daniel.

Caso Daniel
Chegada de Edison Brittes ao Fórum de São José dos Pinhais. (Foto: Reprodução/ RICtv)

Depois das agressões na casa, Edison contou que levou Daniel no porta-malas do carro e a intenção era largar ele na rodovia, para que precisasse pedir ajuda pelado. Entretanto, ao ver novas fotos e áudios do jogador, decidiu entrar em uma estrada rural e cometeu o crime contra Daniel.

“Eu tava nervoso, tremendo, boca secou. Fiquei cego. Não sabia onde eu tava. Nunca andei naquela região. Tava muito louco. Andei até um determinado lugar, parei o carro, desci, abri o porta malas e aconteceu tudo”, disse o réu, começando a falar sobre o homicídio.

“Depois do acontecido eu arrastei ele tirando da estrada. Na hora que eu desci do carro eu não vi nada. Meu foco era o abusador. Não sei se os meninos desceram do carro na hora. Eu fiz isso sozinho. Peguei pelos braços e arrastei ele. Tirando da estrada. Eu tava muito transtornado, pensava nas mensagens, remoía tudo dentro de mim. Eu me lembrava dele falando que comeu ela. Sim, eu peguei e emasculei ele. Fui na direção do carro e joguei a parte dele. Quando eu joguei o órgão dele eu vi que um dos meninos estava na frente do carro vomitando. Era o meu genro David”, afirmou Edison Brittes.

Expectativa segundo dia de júri

Após cerca de 14 horas, o júri foi encerrado. Nesta terça (19), o julgamento deve ser retomado com o depoimento dos outros cinco réus: Allana Brittes, Igor King, Eduardo Henrique Ribeiro da Silva, David Willian Vollero e Evellyn Brisola Perusso. 

Após a finalização das oitivas, o júri entra na fase dos debates. Primeiro a equipe de acusação terá 2h30 e na sequência os advogados dos sete réus terão 2h30. Caso seja necessário a réplica e a tréplica, será estipulado um limite de 2h.

Na sequência dos debates, os sete jurados selecionados para o júri irão definir os votos. Após a contagem, o juiz Thiago Flores declara o resultado para o tribunal. Existe a expectativa que o julgamento possa terminar nesta terça-feira (19).

Acompanhe o julgamento do Caso Daniel em tempo real.

Quer receber notícias no seu celular? Entre no canal do Whats do RIC.COM.BR. Clique aqui!

Mostrar próximo post
Carregando
vulkan vegas, vulkan casino, vulkan vegas casino, vulkan vegas login, vulkan vegas deutschland, vulkan vegas bonus code, vulkan vegas promo code, vulkan vegas österreich, vulkan vegas erfahrung, vulkan vegas bonus code 50 freispiele, 1win, 1 win, 1win az, 1win giriş, 1win aviator, 1 win az, 1win azerbaycan, 1win yukle, pin up, pinup, pin up casino, pin-up, pinup az, pin-up casino giriş, pin-up casino, pin-up kazino, pin up azerbaycan, pin up az, mostbet, mostbet uz, mostbet skachat, mostbet apk, mostbet uz kirish, mostbet online, mostbet casino, mostbet o'ynash, mostbet uz online, most bet, mostbet, mostbet az, mostbet giriş, mostbet yukle, mostbet indir, mostbet aviator, mostbet casino, mostbet azerbaycan, mostbet yükle, mostbet qeydiyyat